sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Cacequi dos meus recuerdos


Este é o título do livro de Paulo Josué do Canto, publicado pela editora Palmarinca (51 3225-2577). A capa é de Dariana do Canto.

A obra é resultado de uma pesquisa de campo árdua e minuciosa. Paulo Josué retrata, de maneira interessante e contagiante, a história da cidade de Cacequi e de seus habitantes.

Durante horas viajei pelo passado relembrando histórias que meus pais contavam quando eu era criança, e me deliciei lendo novas e curiosas histórias sobre o lugar onde nasci e onde moro até hoje.

É uma grande alegria ver uma obra do porte de Cacequi dos Meus Recuerdos. É inenarrável a emoção de ver textos e fotos de personagens de nossas vidas. Mais do que isto, ver pessoas nas ruas lendo as páginas da narrativa e encontrando algumas das personagens que por ali passavam.

Parabéns a Paulo Josué por sua obra! Mais um orgulho para todos os cacequienses!

7 comentários:

FRX disse...

valeu pela visita e pelo comentario no http://exoticlic.blogspot.com/

estou sendo sua seguidora se puder e quiser me acompnhar tbm fico agradecida.

XD

bjos e um excelente 2009 pra vc!

Anônimo disse...

Professor, realmente o livro é ótimo como resgate histórico. Mas faltou o senhor referir a lamentável falta de revisão da obra, que tem inúmeros erros de gramática, além de fazer muita confusão de datas e fatos. Mensagem do amigo Adriano dos Santos. Fui teu colega (quanto orgulho denho de falar) no Eulália. Um abraço e Parabéns pelo teu blog que só vim a descobrir agora que vi uma postagem sua no "O Primeiro Online"

Prof. Pedro Rangel disse...

Olá Adriano, realmente a editora deveria evitar ao máximo os erros, mas no todo a obra é muito interessante. Tive informações de que o Paulo Josué já estaria fazendo pesquisas para outro livro sobre Cacequi! Vou ficar no aguardo. Como vão as coisas? Faz tempo que não tenho notícias tuas! Grande abraço!

Gogollo disse...

Perfeito livro para abranger uma cidade tão importante para nosso vigoroso estado soberano que dela principiou a força motriz de grandes homens que labutaram para que este estado seja o que ele é hoje o seleiro internacional das riquezas deste solo tão fecundo que proveu no alimento puro o sustento de todo o mundo, e nada mais valoroso no que nas palavras de um filho pródigo para com a sua Terra Mãe em que por ao cunho traçou de imenso e virtuoso com a sua alma este livro recuperando em forma inestimável a sua inolvidável trajetória de vida e da história desta cidade que o autor á tanto ama e não se esquecerá jamais. Ass.: Gogollo

LAURECI (SARDINHA) disse...

Como sou CACEQUIENSE, li o Livro do Paulo Josué, com os "olhos do coração", se existiu erros,não tive tempo de perceber.
Até dia 10 de setembro no ECONTRO DOS CACEQUIENSES em Canoas RS.

LAURECI (SARDINHA)
MANAUS AM

Cecília Maicá disse...

Professor Pedro
Fiquei muito feliz em encontrar seu blog, pois ando pesquisando a genealogia e história da minha família (Mayca) e na certidão de óbito do meu ancestral, consta que ele está sepultado no Cemitério da Corte (ele faleceu em 1906), como ele vivia em Rosário do Sul ou Saicã ou Cacequi, hoje não sei dizer exatamente onde, devido as mudanças geográficas sofriadas pelas emancipações distritais. Se pudesse me ajudar a localizar o tal cemitério (já me falaram que situa-se numa área hoje pertencente ao Exército) mas, preciso confirmar o dado. Ficarei extremamente agradecida se puder me ajudar. Obrigada

Prof. Pedro Rangel disse...

Cecilia, há uma série de pessoas com sobrenome Maicá em Rosário do Sul e Cacequi. Se procurares no Facebook, poderá entrar em contato com muitos deles. Abraços.