sábado, 25 de outubro de 2008

Palavras que "complicam"

A propósito, no post anterior, algumas palavras podem gerar dúvidas. Como professor, achei interessante comentá-las:

Sessão
é o espaço de tempo que dura uma reunião.
Seção, ou secção é um departamento, repartição, ou parte de um todo.
Cessão é o ato de ceder, transferir, colocar à disposição.
Caçar é perseguir (animais, por exemplo), procurar, buscar.
Cassar é tornar nulo ou sem efeito.

4 comentários:

Prof. Pedro Rangel disse...

Colaboração de um amigo através do Orkut:
Mandato - poderes políticos que o povo dá a um cidadão.
Mandado - particípio do verbo mandar; enviado; ordem escrita que se recebe de autoridade.

Déda disse...

Se há um entendimento no sentido da palavra dita... Tudo na paz... Afinal os lingüistas defendem com fervor o tal "entendimento"... Mas a escrita.... Nossa... Entram em campo os gramáticos... Com suas enormes foices e enxadas, tudo pela correção dos vocábulos! De um lado há quem defenda o uso da palavra de forma coloquial... Do outro... O uso de forma literária... A divisão ocorre em uma linha tênue, contudo, faço votos que tal linha se mantenha firme e não rompa com facilidade, afinal há sim entendimento, mas... Vivas aos gramáticos!!! Os lingüistas que perdoem minha falta de “entendimento”...

Prof. Pedro Rangel disse...

Do ponto de vista da comunicação, às vezes um texto com palavras "complicadas" é menos recomendável do que um texto simples. A formalidade em demasia só prejudica o entendimento. Grande abraço.

Déda Seifert disse...

Certo... Corretíssimo... Porém há públicos e públicos... Logo,a linguagem dada como falada ou escrita deve haver certas "sutilezas" na elaboração para que o entendimento não perca a trajetória atribuída!!!